segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

Reunião de colmeias pelo método do "jornal"

   Todos aqueles que se dedicam à apicultura devem saber como se faz a reunião de duas colónias, sem que as abelhas se matem umas às outras. Quase todos os anos, se não mesmo todos os anos, é preciso recorrer a este procedimento para salvar abelhas de uma colónia que está sem mestra.
   O procedimento que a seguir vou descrever para a junção de enxames é aquele que sei e pratico. Por certo há outros mas eu não os pratico.
   A reunião de duas colónias tem por objectivo salvar abelhas de uma colónia que está sem abelha mestra ou fortalecer com abelhas, uma colónia que está fraca e que se antecipa, por exemplo, que vai ter dificuldades em resistir ao Inverno, com o efectivo que possui.
   Para reunir dois enxames existe uma só condição que é preciso verificar: um dos enxames não pode ter abelha mestra. É preciso que esteja orfão.

O Procedimento
      
      Material
            - Um enxame com abelha mestra;
            - Um enxame sem abelha mestra;
            - Uma folha de papel (jornal, folheto de publicidade, etc...) que cubra toda a colmeia.

      Procedimento prático
      (neste caso o meu objectivo foi salvar abelhas de uma colmeia que estava sem abelha mestra)

Colmeia forte com mestra
- Escolher no apiário uma colmeia forte, que tenha a mesma secção que a colmeia que está orfã;
- Retirar a contra tampa da colmeia com mestra;
- Aplicar um pouco de fumo para acalmar as abelhas;







Colmeia forte com mestra coberta
com folha de panfleto
- Aplicar sobre a colmeia uma folha de jornal. A folha deve ter tamanho suficiente para tapar a colmeia por completo ( não podem ser duas folhas  a tapar a colmeia senão as abelhas passam pela sobreposição das folhas e matam-se umas às outras). Neste caso (ontem), utilizei um panfleto de publicidade, com um cheiro activo a tinta. Este aspecto é importante para que as abelhas de uma e outra colmeia, quando se encontrarem tenham o mesmo cheiro e não se matem.
- Fixar a folha com o própolis. Se estiver vento utilizar 3 ou 4 "pioneses".


Colmeia orfã por cima da colmeia
forte e cm mestra
- Ir buscar a colmeia orfã sem lhe retirar a contra-tampa. Retirar a colmeia orfã de cima do estrado e transportar para junto da colmeia coberta com a folha de papel;
- Colocar a colmeia orfã por cima da colmeia com mestra. Fazer com que ambas as colmeias fiquem bem alinhadas por forma a que as abelhas só possam sair e entrar pela entrada da colmeia.
- Ao fim de algumas horas começa a aparecer papel roído na entrada da colmeia. É sinal de que estão a roer o papel e que em breve as abelhas de ambas as colmeias se vão encontrar.
- Ao fim de uma semana pode retirar-se o papel à volta das colmeias e por cima dos quadros.

Espero que não tenham de utilizar este procedimento muitas vezes, mas quando utilizarem espero que tenham sorte.

Obrigado por consultar o meu blog. 

8 comentários:

  1. As minhas saudações apícolas!
    O método do jornal é ,quanto a mim , o melhor método de reunião de colónias.
    Um abraço.
    Abelhasah.

    ResponderEliminar
  2. olá temos muitos roubos de colmeia no brasil na espanha e portugal tem uns chips contra roubo pode me mandar alguns engenheirobastos@hotmail.com

    ResponderEliminar
  3. Companheiro,
    eu não conheço chips contra roubos para colocar em colmeias. A minha apicultura não vai tão longe que permita investir em material contra robo. De qualquer forma, se existir, aqui em Portugal deve contactar a MACMEL, em Macedo de Cavaleiros. O endereço deles na net é o seguinte: www.macmel.net
    Pelo que vi também seguem o meu blog.
    Boa sorte.

    ResponderEliminar
  4. Olá!
    Poucas vezes reuni colónias, reuni uma vez polvilhando farinha no cimo dos quadros mas faz-se uma grande sujeira e acabo por também preferir o método do jornal.
    Para além de que é um desperdício de farinha!
    Desconfio que, se as abelhas estiverem sem mãe há tempo suficiente, e tiverem sido alimentadas, nem sequer será necessário o jornal. mas ainda não me atrevi a experimentar!
    Uma vez juntei a uma colmeia uma mão cheia de abelhas que estavam também sem mãe, apenas com a ajuda de algum fumo e, aparentemente, elas não se chatearam umas com as outras.

    Pela sua experiência, JSantos, será necessário que as colmeias a reunir estejam uma ao lado da outra ou, o que se ganha com isso não dá para o trabalho de as andar a aproximar aos poucos?

    ResponderEliminar
  5. Abelha Preguiçosa,
    não é necessário que as colmeias estejam juntas nem tão pouco uma ao lado da outra. Neste caso as colmeia estavam a cerca de 10m uma da outra e neste momento já posso afirmar que correu tudo bem. No ano passado reuni duas colmeias que distavam cerca de 100m e também correu tudo bem. Eu nunca as aproximo. Movimento sempre a que não tem mestra.
    Obrigado.

    ResponderEliminar
  6. JSantos
    já alguma vez tentou reunir 2 colónias sem mestra, numa com mestra. Ou seja em vez de uma por cima de uma, 2 por cima de uma?
    Se não experimentou acha viável?
    Obrigada

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nunca reuni duas colónias sem mestra numa com mestra. No entanto parece-me viável. Tem é que colocar folhas de jornal entre cada uma das colmeias.
      Obrigado e volte sempre.

      Eliminar
  7. Melhor será juntar uma de cada vez. Ou seja por duas vezes.
    cumps

    ResponderEliminar